CONTABILIZAÇÃO DE CTE COM ICMS ST (MANAUS) ATRAVÉS DO RI

 

Boa tarde a todos!

 

Estou com uma situação na empresa que talvez alguém do grupo já tenha enfrentado e possa compartilhar o conhecimento.

 

Temos que escriturar os conhecimentos de transporte recebidos sem gerar o AP neste primeiro momento, o qual será gerado somente quando o frete for realmente pago, de acordo com as condições comerciais que não veem ao caso neste momento.

Com isto, temos que contabilizar os impostos (ICMS, PIS, COFINS e ICMS ST a pagar) na interface do RI.

Quanto à contabilização podemos resolver isto com a alteração do Invoice Type no RI, porém a grande dúvida surge quando temos o ICMS ST, como é o caso que estamos enfrentando aqui.

 

 

A contabilização deveria ser feita conforme a tabela abaixo.

Quanto aos valores dos impostos não há problema, mas para os valores a serem lançados em crédito.

 

Pergunta: Alguém já lidou com esta situação?

Detalhe: Escrituração do ICMS ST de fretes tomados por uma empresa em Manaus onde há a regra de retenção de 80% para pagamento e 20% com repasse ao transportador, como destacado abaixo.

RI Invoice

ACCOUNT

ACCOUNT DESCRIPTION

NET ACT ENTERED DEBIT

NET ACT TER CRED

AMOUNT DESCRIPTION

SAM=11330187

PIS (1,65%)

116,44

SAM=11330192

COFINS (7,6%)

536,31

SAM=11330195

ADIANTAMENTO ICMS A recuperar)

846,8

SAM=51170100

DESPESA TRANSITÓRIA

 

822,11

PIS + COFINS + (ICMS * 20%)

SAM=21150188

IMP RETIDO DE VENDA (80%) ICMS ST

677,44

ICMS * 80%

 

 

1499,55

1499,55

 

 

 

Obrigado a todos!

Robson Carvalho